fbpx

Blog

Estratégias de marketing e conteúdo com WordPress

Estratégias de marketing e conteúdo com WordPress

Construindo Negócios Digitais descomplicados – Como o WordPress pode ser seu aliado

Com esse título apresentei um painel para o time WORDPRESS Porto Alegre, ontem dia 29 de outubro, na Sede do Kinghost, que é uma das principais empresas de webhosting do Brasil.

O foco foi falar sobre marketing digital na prática e posicionamento no Google. Contei a minha experiência em criar uma plataforma no WordPress sendo leiga em programação. Para compartilhar um pouco dessa experiência vou deixar em alguns tópicos os conteúdos abordados.

 

Qual o valor do posicionamento hoje?

Marcar seu lugar no Google é essencial, aliás, os sites das empresas, as plataformas “mãe”, estão se tornando a referência de confiança. Eu costumo dizer que ter um site é igual a comprar um “terreninho” no céu, garante o seu espaço e quanto melhor o seu conteúdo melhor será sua relação com São Pedro, ou pode chamar de Google, como quiser, é o cara que abre os portões.

Por enquanto esta em oferta, é barata e fácil de fazer, tem espaço, mas e no futuro, vai ser tão simples assim? Mas, como o futuro a Deus pertence eu não sei a resposta, mesmo!

Passo a passo

Confesso que algumas palavras realmente me assustaram quando comecei a criar o site. Minha formação é jornalismo, por isso eu acredito que tenho afinidade com SEO, mas criar uma plataforma me fez ter que estudar muito e dar valor aos programadores.

Sitemaps, Search Console, SEO (Yoast), Certificação de segurança – vou deixar as palavras linkadas por que tem um texto contando os dramas com cada uma delas.

Mas o foco sempre esteve na estratégia

Eleger as palavras chaves depois de ficar horas fazendo análises de tendências no Google Trends, foram as primeiras atividades legais. Eu ia dizer prazerosas, mas ver a sua plataforma tomando corpo, mesmo sendo difícil de construir gera muita satisfação. E o meu propósito sempre foi saber do que eu estava falando dentro do passo a passo da construção de uma plataforma digital e isso foi me dando confiança para dar consultoria aos meus clientes.

E depois disso, observar os primeiros acessos no  Analytics também foi TRI, os primeiros comentários e tals.

Usei essa imagem do tio patinhas, um pato milionário, que nos gibis, nadava em uma caixa forte cheia de moedas de ouro, mas que a sua favorita era a moeda numero 1 que significava para ele o começo de tudo.

Primeira página do Google – O que esperamos e o que realmente é

Investir no conteúdo é a estratégia, definitivamente. O conteúdo tem mais valor que anúncio (ADS).

INBOUND MARKETING quer dizer: Produza conteúdos interessantes

Fique atento às novas tendências, novidades e concorrência

Aproveitar oportunidades de mídia é uma estratégia bem legal. Gosto muito dos textos em que relacionei o meu assunto ao assunto do momento, quando lançaram a terceira temporada da séria “La casa de papel” onde encontrei analogias para falar de Marketing e estratégias.

Analogias

identifique as pessoas, crie expectativa! Acho que ninguém sabe fazer isso melhor do que a novela das 9 da Globo, Pois eles prendem a atenção durante meses em um roteiro que todos já sabem basicamente o que vai acontecer.

Domínio sobre o conteúdo

Conhecer o o seu negócio é fundamental, você precisa ter segurança sobre o conteúdo.

O Google enxerga como parceiro aquele site que gera conteúdo para pesquisa.

Quanto mais conteúdo melhor. Estar na internet não é o suficiente para garantir que seu site consiga um lugar na primeira página do Google: é preciso investir em uma estratégia específica para otimizar os resultados e garantir alcance e um bom posicionamento.

Afinal, a concorrência pelas posições nos buscadores está cada vez maior com as empresas e instituições vivenciando esse período de transformação digital.

O Marketing de conteúdo é a sua melhor ferramenta de engajamento. Você cria assuntos relevantes e de interesse do público, tem a liberdade de criar o quanto quiser. Mas tome alguns cuidados, certifique-se de que seu conteúdo é relevante e que vai atrair a atenção do público alvo.

Use Gatilhos mentais

Eu penso que ir além das técnicas pode ser mais agradável, e apesar de mais desafiador, pode trazer melhores resultados. Falar da vida real, contar como você se sente, abrir o seu coração pode atrair mais o interesse das pessoas. Mas precisamos falar das técnicas, afinal, pessoas estudaram elas para nos contar, então vamos lá:
Podemos usar  alguns macetes do Google, como algumas fórmulas de neuromarketing. Com cuidado e atenção seremos autoridade no nosso assunto rapidinho.

Mantenha uma freqüência 

Tenha um check list diário. Crie uma frequência nas suas publicações, e mantenha-na. Produza hábito para o seu leitor. Observe os horários e dias de maior acesso e flua.

Isso não acontece de um dia para o outro, você tem um público específico e precisa observar ele. Não acredite em fórmulas prontas. Não deixe seu leitor esperando muito tempo pelo próximo post, ele pode perder o interesse, conhece aquele ditado: “quem não é visto, não é lembrado”? Essa é a lógica.

Estude enquanto produz, tem muitas coisas legais na internet, só não tente fazer tudo, isso não é necessário. Dê preferência para sites de referência, como cliente é o facilita nossas vidas, como gestores é o que queremos ser!

Promova seu conteúdo

Aqui vai depender do seu planejamento. Em que momento você cria plataformas para divulgar. Eu estou experienciando cada fase, então ainda não criei perfis nas redes sociais, mas usei uma lista de transmissão do whatsapp e rendeu bastante já no primeiro post. Afinal temos que começar contando aos amigos e familiares o que estamos fazendo.

Mas escolha bem para quem você vai contar e deixe claro no final da mensagem que se a pessoa não quer receber suas atualizações você tira ela da lista. Pra mim ninguém pediu, mas é melhor garantir que você não está sendo chato.

Observe as métricas

Já falamos sobre buscar pela Persona, seu target, e ver como ela se comporta na rede. Mas nessa etapa seu público já está convertido e já está te visitando. Agora é preciso observar como ela se comporta dentro da sua plataforma.

Use a ferramenta do Google Analytics, já indexamos o site, lembra? Agora é hora de observar o engajamento, como as pessoas estão interagindo. Quais os posts foi mais visualizados, os menos, o tempo de permanência do usuário (taxa de rejeição), conversão (quantos migraram de um post a outro). Veja de onde ele se logou, quais os dias e horários de maior engajamento. Use essa experiência para identificar onde está errando e melhore.

Observe, mas vá com calma com as métricas e análises. Use o digital para facilitar a sua vida e para lhe proporcionar mais tempo de laser, para ser feliz, não seja escravo, esse não é o objetivo, monetize o seu tempo!

Conheça a  roda das emoções

O marketing fala muito das dores do cliente, sobre usar as dores das pessoas para atraí-las à compra. Acho grotesco tratar assim, mas é fato, existem estudos que comprovam que atingindo as dores conseguimos prender mais a sua atenção. Enfim, na prática, quem não se sente melhor, em um dia triste, fazendo umas comprinhas? Espero que eu não seja a única aqui!

Faça textos escaneáveis

É aquele em que, ao passar os olhos, o leitor já consiga identificar o que está no conteúdo. Por isso as regrinhas de SEO são tão importantes. Eu gosto de um Plugin, o Yost, ele sinaliza onde você precisa melhorar o seu texto.

Storytelling

Vejo, o tempo todo, as pessoas atrás de respostas, correndo atrás do plano perfeito de marketing, o plano perfeito para as redes sociais. O que dá engajamento? Como ganhar seguidores? Quando a resposta é a mais simples possível: CONTE HISTÓRIAS, storytelling é o plano perfeito!

Copywriting (persuasão)

É uma palavra do inglês sem uma tradução correspondente, que pode ser definida como a arte de escrever de maneira persuasiva com o objetivo de convencer o leitor a praticar uma determinada ação esperada pelo copywriter, como por exemplo, cadastrar o e-mail ou realizar uma compra.

Tome cuidado com sua taxa de rejeição 

Taxa de rejeição X conversão

…E CONTINUE A NADAR…

 

Conteúdo – Experimentação

Pensar fora da caixa

Esse é o conceito do design Thinking – é o braimstorm que envolve todas as ideias e pessoas, jogue-se tudo sobre a mesa e mistura-se.

Ideias precisam de inspiração!!!

Aprenda com a volta de 360º

Conjunto de ações alinhadas ao posicionamento, propósito e valores da marca. É o chamado Branding que tem o objetivo de despertar sensações.

Significação!!!

Design Thinking é gestão do conhecimento

 

A transformação digital e o momento de experimentação

Endomarketing: Motivação é a chave do sucesso

 

Conceito de identidade visual

Nesse tópico compartilhei a experiência da Criação da nova ID Visual do Testando Ferramentas e os caminhos que percorremos para chegar a este novo conceito.

A maneira de fazer o Briefing e para chegar aos resultados. Eu só pedi que fizessem uma arte que pudesse me emocionar, e para mim, ela causa essa sensação!

Marketing é oportunidade

O foco é no objetivo, mas no percurso temos que ficar atentos a todas as novidades, tendências e oportunidades. Cito o exemplo o hit da caneta azul (que nem é hit né) mas é um viral. Pegar carona nos virais é muito legal! Criar uma estratégia que adapte ao seu conteúdo é estar na “moda”. É claro que esse da caneta azul, especificamente, é um exemplo tosco, mas deixa bem claro qual é a ideia sobre o uso das tendências.

Conexão

Os melhores relacionamentos são aqueles à moda antiga, com olhares com toques, com conversas! O digital está aí para facilitar a vida das pessoas não para substituir pessoas. Para você ter uma boa presença ONLINE, você precisa existir OFFLINE

Melhore seus relacionamentos, tenha presença, participe de tudo que puder e leve seus cartões de visita sempre, na oportunidade certa, tenha à mão…

Lembre: like não toma café

 

Leave a comment

WhatsApp Chama ae