fbpx

Blog

O gozo é o momento em que os corpos realmente relaxam

O gozo é o momento em que os corpos realmente relaxam

SEXO

Agora que já chamei a sua atenção, podemos falar sobre marketing. Os mais poderosos gatilhos mentais e de maior engajamento são os com apelo sexual, por quê?

Porque estão associados à curiosidade e ao prazer. O gatilho da curiosidade, ativa partes do cérebro ligadas ao prazer, ou seja, ficamos satisfeitos em descobrir algo novo. O gatilho mental da curiosidade fica ainda mais poderoso quando linkado a uma polêmica, dificilmente ele passa despercebido pelas pessoas, pois, além de saber o que vai acontecer, vai compartilhar com amigos.

Os gatilhos mentais

São facilitadores do cérebro na hora da tomada de decisão. Considere que, todos os dias tomamos milhares de decisões, 3.500 em média. Você nem se dá conta de quantas vezes escolhe entre A e B durante o dia. Mas isso é uma atividade autônoma do cérebro, ele simplesmente escolhe considerando o que for melhor para você.

No marketing, observamos essas reações através de gatilhos mentais. Estudos apontaram que algumas palavras, cores e imagens, chamam mais a atenção. O prazer é um deles, um dos principais, inclusive.

Por isso, entender os critérios que levam as pessoas a optar por uma coisa ou outra na hora de construir uma estratégia é fundamental no Marketing. Isso envolve estudos de cores e formas, esteja atento aos detalhes.

Sedução

Atenção! Mais poder que o sexo quem tem é a conquista e a sedução. Por que os relacionamentos são melhores no início? Porque é quando ainda existe mistérios envolvidos, o que ativa a curiosidade, o desafio do triunfo.

Um autor americano, Steve Harvey, escreveu um livro que foi publicado em mais de 30 países entre os anos de 2009 e 2010 e se tornou um best-seller no mercado editorial. Um sucesso de vendas! A obra nada mais é do que um manual de conquista, chamado de  “Comporte-se como uma Dama, pense como um homem” – Act Like a Lady, Think Like a Man – traz uma série de estratégias de comportamentos que prometem ser infalíveis para conquistar o coração dos homens. Será? Eu acredito em planejamento e estratégias né, já falei isso…

Você certamente conhece o drama do primeiro encontro. Essa lógica, ou não lógica, da conquista, vale para a experiência de vendas também. Abordagens sobre como conquistar e as práticas de relacionamento para cativar seu público já falamos em outro post aqui no site.

Neuromarketing

Esse ramo do estudo diz que toda decisão de compra é tomada no nível emocional e somente depois é justificado pela razão.

Estímulos externos como propagandas, sons, cheiros ou interações com outras pessoas irão ativar, ainda sem que tenhamos consciência, o sistema reptiliano e o límbico.

Se você mostrar um copo de água para quem está com sede vai ativar a vontade de comprar. E depois, a saciedade ativa o poder da conquista. Mas se você mostrar uma coca cola gelada fazendo aqueles barulhinhos do gás, há, isso será a glória! Lembram daquele comercial que serve de Case em todas as escolas de marketing.
Ele comprova exatamente o poder de persuasão que uma marca pode provocar, e provoca. Mesmo que muitas ainda ficam no limbo, aquela barreira entre o que é manipulação e o que é ético.

Leave a comment

WhatsApp Chama ae