Mais Fácil do que procurar assuntos soltos na internet é seguir o nosso passo a passo

Não existem fórmulas, crie as suas, personalize o seu negócio

Antes de sair investido em Marketing Digital, saiba como funciona e seja capaz de fazer você mesmo, ou pelo menos acompanhar se está sendo feito do jeito que você gosta. Confira, participe, coordene, não perca o controle do seu próprio negócio, cuide de cada detalhe, isso faz toda a diferença!

Eu, Karine Hasse, tenho praticado o marketing digital desde 2001, mais timidamente no início, mas sempre experimentando novos ambientes. Depois de algum tempo, você aprende o que funciona e o que não funciona. Assim, se você quiser ter bons resultados, mesmo sem ter muita experiência, te dou algumas alternativas:

Opção 1: Se você não tem tempo e precisa que esse processo seja feito para você, contrate uma agencia de publicidade.

Opção 2: Seguir a checklist abaixo. Ele realmente funciona e é necessário, você só precisa dedicar tempo e esforço a ele. E aos poucos você verá sua posição nos rankings, seu tráfego e sua receita subirem.

Opção 3: Contrate  minha consultoria de marketing digital e crie seu conteúdo com todo o carinho que ele merece.

E claro, teoricamente você tem uma quarta opção, que é descobrir tudo sozinho. Mas você se cadastrou na minha lista, e por isso estou imaginando que você prefere a checklist. 😉

1 – Crie seu GSuite e personalize seus contatos

Este ambiente virtual será seu escritório on-line, um espaço para você organizar seus arquivos e suas agendas. Nesse passo você também cria o Google meu negócio que já vai te ajudar ter presença on-line e mais adiante, ajudará a fazer seus anúncios.

2 – Crie o seu site

No post que explica como criar o seu site você terá dicas ótimas pra não errar na hora de sincronizar a plataforma. Não estamos dando fórmulas, mas essa é a sua hora de criar a sua. Boa sorte!

Seguem as dicas: 

2.1 WordPress faça você mesmo: site pronto em 1 hora

 

3- O que é SEO?

SEO – Search Engine Optimization – quer dizer que você precisa preparar seu site para ser encontrado pelos motores de buscas. O principal objetivo do SEO é aumentar o volume do tráfego orgânico de sites, blogs e posts.

3.1 – Como criar uma campanha SEO

4 – Como ser visto pelo Sitemaps?

Os robôs do Google funcionam como rastreadores. Eles buscam todas as páginas na internet, entram em cada um dos links e leem tudo o que aquelas páginas têm para oferecer, salvando tudo nos servidores do Google. O sitemaps significa o mapa do site, você tem que informar aos mecanismos internos do Google que você criou um site e quer indexar ele nas buscas.

5 – Faça seu Search Console e melhore seu desempenho nas buscas

O Google Search Console (antigo Google Webmaster Tools) é uma ferramenta que permite que os webmasters verifiquem o status de indexação e otimizem a visibilidade de seus sites.

6 – Taxa de rejeição X conversão

Seus post devem ser atraentes e prender a atenção do leitor. O Google mede o tempo em que as pessoas permanecem no site, isso chama-se conversão. Os chatos não são bem vistos. Se as pessoas entram no site e saem rapidinho você vai ficar com uma taxa de rejeição bem alta. E isso não é bom!

7 – Planejamento de Marketing de conteúdo

Marketing de conteúdo nada mais é do que o centro da estratégia digital. É a maneira de engajar o público e crescer na rede por meio de conteúdo relevante. É o combustível do inbound.

8 – Planejamento Estratégico passo a passo

Os fatores de sucesso dependem de como você irá definir suas estratégias e para quem irá destinar. Conheça bem o seu negócio e a sua persona, delimite, defina, antes de espalhar sua ideia por aí.

9- Certifique-se de que está seguro

Depois de alertar e incentivar muito os webmasters a investirem em segurança, em 2014 o Google anunciou que HTTPS estava se tornando um fator de ranqueamento, uma forma de incentivar a migração da comunidade online e assim tornar a web mais segura.

10 – Use o Google Trends em sua estratégia

Primordialmente o Google Trends sabe tudo que é pesquisado, nele você pode comparar a popularidade de cada palavra chave, assunto ou pessoa, em determinadas datas, períodos e regiões. Sendo assim, use ele na pesquisa pelas suas melhores palavras chave.

11 – Crie um e-mail Marketing: Gere leads

Criar uma lista de e-mail marketing qualificada e do zero, custa cada vez mais caro. Não compre contatos, isso não funciona e não converte. O universo digital é muito novo, tanto para que trabalha com ele, quanto para quem usa. A jornada de compra deixou de ser linear, é consequência do aumento da variedade da oferta no mercado. Sabendo disso, como atrair o seu segmento de público para gerar leads?  Em primeiro lugar, o conteúdo oferecido na sua plataforma é o que deverá atrair seu target, isso se chama gerar um cadastro de e-mail Marketing qualificado. A partir daí é preciso identificar o que prende esse público e o que falta para converter ele em cliente. Baseie-se nos dados, nas métricas, veja suas preferências.